Procurar
Close this search box.
Matilde Monteiro Cordeiro

Matilde Monteiro Cordeiro

A Matilde é equipista do setor do Lisboa desde 2022, da L402. Estuda no Colégio de São Tomás e não é preciso muito para a convencerem a ficar à conversa a noite toda, especialmente nos Encontros Nacionais e Internacionais.

Edificados em Cristo

“Edificados em Cristo”, o tema que pautou o Encontro Nacional das Equipas de Jovens de Nossa Senhora de 2023. Aqui, juntaram-se centenas de equipistas em Fátima, no fim de semana de 24 a 26 de março.

Equipistas no Santuário de Fátima, em março de 2023 | Fotografia de Madalena Appleton Leitão
Equipistas no Santuário de Fátima, em março de 2023 | Fotografia de Madalena Appleton Leitão

No meio da azáfama do dia-a-dia e dos infinitos programas para que somos diariamente convocados, chegar ao Colégio de São Miguel e ter a oportunidade de dedicar um fim de semana inteiro a aprofundar a nossa relação com Jesus e Nossa Senhora, na companhia de amigos, ou daqueles que se tornaram em tal, foi o plano ideal. Rever caras amigas, encontrar outras e poder rezar sem interrupções, ajudados por testemunhos e propostas de oração, foram parte crucial do Encontro Nacional.

Diria que, apesar de um fim de semana em cheio, existiram três momentos particularmente marcantes: as conferências, a noite de Adoração e a Missa do Compromisso.

Em primeiro lugar, acredito que ninguém ficou indiferente às conferências e testemunhos de ouvimos. Foram momentos muito concretos, que mostraram que a nossa vida tem, de facto, um sentido e que Deus atua na nossa vida, de formas muito objetivas, ainda que não o vejamos imediatamente. Viver com a certeza e alegria de que Deus existe e seguir isto todos os dias na nossa vida é, de facto, transformador.

Conferência de sábado à tarde com o Lourenço Madureira Miguel, antes dele ouvimos a antiga responsável nacional, Marta Figueiredo | Fotografia de Maria Ana Moreno

Ainda a tentar digerir o entusiasmo da tarde, tivemos uma noite de Adoração do Santíssimo, em que pudemos deixar que Jesus entrasse por completo em nós e, ao invés de acharmos que sabíamos a Sua vontade, deixar que Ele nos falasse. Tal como Jesus nos abre o Seu coração na exposição, também nós Lhe devíamos abrir o nosso.

A Adoração é o momento que permite que nós olhemos para nós, da mesma forma que Jesus nos olha e, por isso, foi tão importante ter o Santíssimo exposto durante toda a noite, disponível para nos acolher e para O deixarmos entrar em nós. É aqui que percebemos que tudo se orienta para Deus, sempre apoiados em Nossa Senhora, seguindo o Seu exemplo e o Seu SIM, o SIM que mudou a História e que deu sentido à nossa vida.

Por fim, o último momento que mais me marcou foi a Missa de Compromisso, em que outras centenas de equipistas se juntaram. Aqui, foi especialmente evidente a alegria que todos tinham, quer ao fazer o seu compromisso, quer ao renová-lo. Nestes momentos concretos, percebemos a importância dos “Sim’s” que dizemos, tal como tínhamos ouvido nas conferências, e a importância de nos comprometermos.

A equipa de Queluz L 398 fez o compromisso com as EJNS neste Encontro Nacional | Fotografia de Madalena Appleton Leitão

O SIM que dizemos no compromisso é um sim a Nossa Senhora, às Equipas e à nossa equipa, para podermos crescer na fé e na certeza de que, apesar de todas as perguntas, caminhamos para a Santidade. É assim que, depois de dois dias vividos intensamente em oração e com amigos fundados em Cristo e Nossa Senhora, tenho a certeza de que a fé é uma graça de Deus e devemos alimentá-la, vivê-la com alegria e edificá-la sobre pilares bem assentes e objetivos.

Ser Equipista a 100%

31 de Janeiro, começou a P89. A base do movimento começa aí, em cada reunião de equipa, na nossa equipa base. Foram 9 anos de reuniões, de tanto bem recebido, e de um encontro grande com Jesus, levados ao colo

Quaresma 2024

Queridos equipistas! Começamos hoje o tempo de preparação para a Páscoa, o acontecimento central da nossa Fé! Vamos celebrar o que celebramos em cada Domingo, mas que é o Tudo da nossa vida: O Verbo que se fez carne, e

4º Domingo do Advento

4º Domingo do Advento Maria dará à luz um Filho! Do Evangelho Segundo São Mateus (Mt 1, 18-25) O nascimento de Jesus deu-se do seguinte modo: Maria, sua Mãe, noiva de José, antes de terem vivido em comum, encontrara-se grávida