História

A nossa história é a concretização de um sonho de Nossa Senhora. Um sonho que já transformou tantos, em tantos recantos. Um sonho que permanece e que ainda tem muito para nos revelar… 

Se tu fazes parte desta história lembra-te disto: és protegido e acompanhado por uma Mãe santa que te quer levar até “ao alto”. És dela! Deixa que te revele as maravilhas que Deus quer fazer com a tua vida. 

Seja qual for o teu papel, precisamos que o desempenhes para enriquecer a nossa história. Ela conta contigo, e nós também!

29º Encontro Internacional
Roma

Ocorre o 29º Encontro Internacional. O Secretariado Internacional muda para o Brasil sendo o Rainer Garcia o novo responsável internacional. Ocorre a 6 de Agosto a audiência com o Papa Francisco.

Ago
2022
Leva-nos mais longe...
Portugal

Lançamento do Filme das ENS e EJNS, filme que conta a história dos dois movimentos e inclui testemunhos de vários equipistas. O lançamento foi em vários pontos do país. Pretende-se que algumas partes do filme sejam utilizadas como formação dos dois movimentos. O Pe João Seabra muito importante para os dois movimentos faleceu no dia 3 de junho de 2022.

Jun
2022
Peregrinação a Santiago
Portugal

Em julho tivemos a peregrinação a Santiago de Compostela (num ano que é Jubileu), organizada pelo Francisco Madeira Rodrigues, pela Nena Corrêa de Oliveira e pela Sara Rodrigues, onde participaram quase 100 equipistas de todos os setores.

Jul
2021
PARTILHA + !
Portugal

Em novembro de 2020 é lançada a nova versão da Partilha – a Partilha +. Inauguração do espaço EJNS na Basílica da Estrela, em Lisboa.

2020
/21
EJNS online
Portugal

EJNS organizam diversas iniciativas online (noites de oração, jogos, momento de partilha). Organizam uma peregrinação virtual. Terço com o Cardeal Tolentino Mendonça no dia 13 de Maio com a presença de 1000 câmaras no Zoom

Mar
2020
Maria do Ribatejo e FNO Évora
Portugal

Em Junho realizou-se a 1ª edição do Faith's Night Out em Évora. Em Julho, a Partilha, revista oficial do Movimento, passa para o formato digital. Pela 1ª vez, a atividade Maria do Ribatejo realiza-se em Outubro no setor de Santarém.

2018
/19
FNO Porto
Portugal

Em junho de 2018 o Faith’s Night Out tem a sua primeira edição no Porto. Passa a existir um Concerto de Natal das EJNS, a Mafalda Oliveira Martins é a maestrina. É um concerto acompanhado por meditações que se focam numa das figuras do presépio.

2017
/18
Eu Acredito!
Portugal

Papa Francisco vem a Portugal celebrar o centenário das aparições em Fátima. Cerca de 500 jovens das EJNS juntam-se à peregrinação “Eu Acredito” para receber o Papa e acompanham as celebrações do dia 12 e 13 de Maio

2016
/17
Família Moait
Portugal

Em 2015, as Equipas respondem ao apelo da Igreja e acolhem uma família de refugiados, a família Moait. O ano termina com um arraial comemorativo dos 40 anos do Movimento, em Carcavelos, na presença de algumas centenas de antigos e atuais equipistas.

2015
/16
Faith's Night... is Out!
Portugal

Em Novembro de 2013 realizou-se a primeira edição do "Faith's Night Out", que é um evento de uma noite com cerca de dez conferências de 7 minutos cada com experiências cativantes de Fé.

2013
/14
Papa Bento XVI em Portugal | Expansão...
Portugal

Foi criado o setor Expansão que agrega todas as equipas dispersas em locais onde não foi ainda formado um setor.  Em Maio de 2010 : “Eu Acredito” onde cerca de 11.000 jovens de vários movimentos acompanham o Papa Bento XVI.

2010
/11
JMJ na Alemanha
Colónia

Pela primeira vez as EJNS participam na organização das JMJ com um espaço de divulgação do Movimento e das suas actividades.

Ago
2005
Primeiro CD!
Portugal

Foi editado e vendido, pela 1ª vez em Portugal, um CD das EJNS com uma colectânea de 25 cânticos.

2000
/01
Ao Alto Equipas!
Fátima

Realizou-se em Abril o 14º Encontro Nacional, em Fátima, de onde saiu o novo Hino das EJNS “Ao alto Equipas”. Este ano o Pedro Salgueiro coordenou a constituição da 1ª Equipa de África, um projecto de carácter sócio-caritativo desenvolvido por um grupo de equipistas que durante 1 mês de férias esteve em Moçambique.

Abr
1998
JMJ em França
Ars

Ao 17.º Encontro Internacional, em França, seguiu-se a participação de equipistas nas XII Jornadas Mundiais da Juventude, que nesse ano se realizaram nas dioceses francesas, em Paris. A Aurora Cristas é a nova Responsável Internacional.

Ago
1997
Aprovação dos Estatutos pela CEP | Pe. Tolentino Mendonça
Portugal

O Padre José Tolentino Mendonça é o novo conselheiro espiritual da EAN e do SN. São agora responsáveis de sector o Francisco Ribeiro (Lisboa), o António Moreira (Torres Vedras), o Nuno Sepúlveda (Santarém), o Pedro Graça (Santarém Norte), a Margarida Pascoal de Carvalho (Coimbra), o Francisco Souto e Castro (Porto) e o Jorge Lopes (Trofa). O director da "Partilha" é o João Pedro Franco e Silva. 

Em Janeiro, a Conferência Episcopal Portuguesa aprovou os estatutos nacionais. O 13º Encontro Nacional teve lugar em Penafirme, em Março. Começa uma pilotagem na Lourinhã. Com o Advento da Internet nasceram as “CiberEJNS”, inicialmente para trocar mensagens entre equipistas com correio electrónico.

1996
/97
1º Encontro Internacional fora da Europa | Nova Sede em Portugal
Bogotá

Ocorre o 16º Encontro Internacional pela 1ª vez fora da Europa. A participação foi menor do que é costume (200 pessoas) mas o desafio de internacionalidade ao organizar o Encontro na Colômbia foi vencido com grande sucesso. No final, tomou-se uma importante decisão: o Secretariado Internacional (desde o início sediado em Paris) vai ser transferido para Lisboa. O Responsável Internacional é agora o Bruno Duthoit, o casal é a Zita e o Zé Nazareth Barbosa e o conselheiro é o Padre Jean Duranton.

Jul
1995
JMJ Czestochowa
Polónia

Durante o 14º Encontro Internacional e as Jornadas Mundiais da Juventude, em Czestochowa, celebram-se os 15 anos do Movimento. São 12 as camionetas das EJNS a viajar por terras da Europa de Leste, entre as quais 4 de Portugal. O Fadi Boustani, libanês, recebe o cargo de responsável internacional, pela primeira vez assumido por um jovem não francês. O Padre Pierre Lafond é o novo conselheiro e a Bénedicte e o Gilles Dargnies o novo casal do SI e da EAI. As E.J.N.S. começam no Canadá e na Índia.

Jul
1991
EJNS em Santiago
Santiago de Compostela

Dá-se o 12º Encontro Internacional das EJNS, com 700 participantes. Os países do costume vêm em muito maior número e há participações novas como a do Líbano e a da Síria. Pela primeira vez na história das EJNS, o cargo de responsável internacional é separado do cargo de responsável nacional francês. O Encontro Internacional passa a ser bienal.

(EAI) e do Secretariado Internacional (SI), que substituem a Equipa de Animação do Movimento.

Jul
1987
YTOL em Fátima
Penafirme

Acontece o 10º Encontro Internacional das EJNS, pela 1ª vez realizado em Portugal. A peregrinação a Fátima é o ponto forte. A devoção a Nossa Senhora deixa de ser um particularismo português para se definir claramente como perfil do Movimento. Ao nível internacional um grande passo é dado durante este Encontro com a criação da Equipa de Animação Internacional (EAI) e do Secretariado Internacional (SI), que substituem a Equipa de Animação do Movimento.

Ago
1985
Primeira PARTILHA
Portugal

Em Novembro de 1982 realiza-se, em Fátima, um novo Encontro dos secretariados das Regiões Norte e Sul, ao mesmo tempo que se festejam os 25 anos das ENS. O Carlos Abrunhosa de Brito é o novo responsável da Região Norte, mantendo-se o Frei Bernardo Domingues como conselheiro. Este foi 1 ano de enorme crescimento em número de equipas, 19 na Região Norte (Porto, Ermesinde, Famalicão, Feira, Braga, Coimbra e Guarda) e 11 na Região Sul (Lisboa, Figueira da Foz, Barquinha, Torres Vedras e Cascais). Para manter uma ligação entre elas é lançado em Dezembro de 1982 o jornal da Região Sul com o nome: "Partilha”. A princípio é enviado irregularmente e, depois, mensalmente. O 1º director foi o Miguel Pape. 

1982
/83
EJNS e ENS com o Papa
Roma

Dá-se o 7º Encontro Internacional das EJNS, em união com as Equipas de casais. Os 2 Movimentos têm uma audiência particular com o Papa João Paulo II que abençoa o segundo "Contrat" na presença do Jean-Michel Vallat, da Claire de la Sayette (nova responsável da Equipa de Animação do Movimento), da Madalena Fontoura, entre muitos outros. A participação portuguesa no Encontro é caracterizada por uma grande devoção a Nossa Senhora, o que vai, a partir daí, marcar fortemente o Movimento. O Encontro termina com uma consagração das equipas na Basílica de Santa Maria Maior.

O Padre Jean Marie Dubois substitui o Padre Guy Thomazeau como conselheiro do Movimento a nível internacional. A partir deste ano há equipas a funcionar na Colômbia.

Set
1982
Papa João Paulo II em Portugal
Portugal

O Papa visita Portugal em Maio de 1982. Os jovens das equipas do sul vão ouvi-lo ao Parque Eduardo VII (Lisboa) e os jovens do norte à Avenida dos Aliados (Porto). No final do ano contam-se 13 equipas na Região Sul e 16 na Região Norte, incluindo 1 nova equipa em Famalicão.

Mai
1982
Movimento reconhecido oficialmente!
França

O Movimento é reconhecido oficialmente, em França. A sede passa a ser junto das Equipas de casais (na Rue de La Glacière nº49, Paris). É escolhida uma sigla e é aberta uma conta bancária. O Vincent de Feligonde é o novo responsável da Equipa de Animação do Movimento.

Ago
1981
5º Encontro Internacional das EJNS
Batsurguère

4º Encontro Internacional das EJNS, onde se juntam cerca de 200 jovens de vários países. A Teresa e o Rui Miguéis são o casal que acompanha a delegação portuguesa. Os representantes (nesta altura não se falava em “responsáveis”) dos vários países e a Equipa de Animação do Movimento (dinamizada agora pelo Jean-Michel Vallat) redigem o "Contrat - Equipes Notre-Dame Jeunes", 1º documento que expõe e explica o Movimento, baseado no “Documento Orientador” escrito pelo secretariado do Porto.

Ago
1980
Páginas Amarelas
Região Norte

Região Norte, 1979/80 - Começam a ser enviadas as "Páginas Amarelas", um boletim com notícias sobre as equipas de jovens que aparece como suplemento da carta mensal das Equipas de casais. No Porto surge, pela primeira vez, uma pilotagem (embora ainda não obtivesse este nome concreto).

As equipas no Porto são sempre assistidas por um padre, mas em Lisboa têm apenas o casal assistente.

1979
/80
3º Encontro Internacional das EJNS
Lourdes

O 3º Encontro Internacional das EJNS (na altura ainda referido como "o Encontro do Movimento”), entusiasma os jovens e responsabiliza-os. Vinte jovens portugueses dinamizam o último dia do encontro com ajuda do Padre Alfredo Soares. 

Em França (onde já há equipas a funcionar regularmente em várias regiões) assenta-se a base da Equipa de Animação do Movimento, dirigida pelo Thierry Rosset e responsável pela ligação do Movimento a nível internacional.

Set
1978
1º Encontro de fim de ano
Porto

O secretariado Nacional (com sede na Avenida da Boavista nº 4319 no Porto) e 5 equipas da região organizam o 1º Encontro de fim de ano, no Seminário de Valadares. Durante os próximos anos este Encontro, realizado em Janeiro, é a actividade mais importante do Movimento nortenho, assim como as missas mensais e o retiro de Páscoa. Em Abril de 1978 realiza-se o 1º Encontro Nacional, embora só com participação de equipistas da Região Norte, incluindo Coimbra que já tinha 2 equipas.

O secretariado no Porto redige (com a colaboração do Frei Bernardo) o “Documento Orientador” que sintetiza as características do Movimento (este foi traduzido para língua francesa e enviado para o secretariado internacional a fim de receber aprovação).

1977
/ 78
As primeiras equipas de Lisboa
Lisboa

À semelhança do que acontecia no Porto, começam a formar-se em Lisboa as primeiras equipas. Na sequência de um retiro com o Padre Victor Feytor Pinto, um grupo de jovens reúne-se em casa do casal Ana e Pedro Pessoa de Carvalho para rezar e meditar sobre o Evangelho e, de seguida, participam na missa dos Primeiros Sábados organizada pelas ENS.

1977
/ 78
Gap - as EJNS são uma realidade
Grenoble
Neste 2º Encontro Internacional decorrido perto de Grenoble, França, reúne-se uma centena de jovens de vários países da Europa (dos quais 36 são portugueses acompanhados pelo Padre Alfredo Soares, do Porto). Verifica-se que o projecto do Movimento começou a dar os seus frutos. As EJNS são já uma realidade e saem de Gap fortalecidas e cheias de esperança. O Encontro é um sucesso. Marca-se outro para daí a 1 ano.
Set
1977
A primeira equipa
Porto

O Carlos Grijó (filho do casal das ENS responsável pela Supra-Região de Portugal) é convidado pela Christine para ser responsável das Equipas de Jovens de Nossa Senhora em Portugal. 

1976
/ 77
A persistência a dar frutos
Paris

A Christine d'Ammonville é considerada idealista e teimosa. Todos acham que o tempo vai diluir o seu projecto, que não passa de uma ideia bonita. Enfrentando o descrédito de todos, Christine não desiste e começa a preparar um 2º Encontro do Movimento, a realizar no verão. O Padre Guy Thomazeau e um casal, Jacqueline e Michel Perreau, aceitam ajudá-la.

Entretanto, de forma quase espontânea e sem organização, os jovens vindos de Roma começam a reunir-se em pequenas equipas nos seus países.

1976
/ 77
Onde tudo começou
Roma
Paralelamente ao Encontro dos casais decorre o Encontro dos seus filhos, vindos de todo o mundo (e dos quais cerca de 160 são portugueses). Christine d`Ammonville (filha do casal responsável internacional), Thierry Rosset e, outros jovens, promovem o desejo de criar um Movimento próprio, inspirado na espiritualidade e funcionamento das ENS. O Movimento é internacional desde o início, embora o seu carisma só, pouco a pouco, se vá definindo.
Set
1976